Sem categoria

Cisco NetFlow na Classificação do Tráfego em Fluxo

O NetFlow é uma poderosa ferramenta de monitoramento do fluxo de tráfego que está embutida no sistema Cisco IOS. Essa ferramenta não só monitora o tráfego de pacotes nas interfaces dos dispositivos da infraestrutura de redes, como também faz o agrupamento deles em fluxo (por conexão), o que permite caracterizar o perfil de operação da rede.

Em tempos modernos, é ainda mais importante que os profissionais reponsáveis pela administração da infraestrutura de redes compreendam o comportamento das aplicações que estão em execução no ambiente e de que forma esses fluxos implicam na operação da rede. Dentre os principais benefícios do NetFlow podemos destacar:

  • Caracterização das aplicações na rede;
  • Mensuração de uso dos recursos da rede;
  • Identificação do impacto de mudanças na rede;
  • Identificação de anomalias;
  • Identificação de momentos de instabilidade;
  • Minimização de vulnerabilidades.

O NetFlow realiza a coleta de estatísticas sobre o tráfego que atravessa um determinado dispositivo nas interfaces habilitadas com esse recurso (vide figura). Essa ferramenta é totalmente transparente para os dispositivos e aplicações da rede, não requerendo nenhuma intervenção de configuração entre os vários elementos monitorados – a não ser habilitá-lo na interface monitorada.

É com base nas informações dos cabeçalhos dos pacotes que é possível agrupá-los em fluxos comuns, o que permite responder vários aspectos do tráfego: (i) quem, (ii) o que, (iii) quando, (iv) onde e (v) como. Os parâmetros que definem o que é um fluxo padrão são:

  • Endereços IP de Origem/Destino
  • Portas de Origem/Destino
  • Tipo de Protocolo
  • Interface
  • Classe de Serviço (Prioridade)

Os fluxos identificados são condensados e armazenados em uma tabela denominada NetFlow Cache. Essas informações organizadas viabilizam a caracterização do tráfego e permite a compreensão do comportamento real das redes. É fato que a melhor utilização dos recursos da infraestrutura também implica em economia no custo operacional (OPEX).

Cisco-NetFlow.jpg
Fonte: Cisco (www.cisco.com)

Ativar o NetFlow na interface de um roteador é bem simples, basta apenas entrar com o comando "ip flow ingress" na interface a ser monitorada. Nas versões mais antigas do IOS esse procedimento era realizado através do comando "ip route-cache flow". Feito isso, todo pacote coletado nessa interface terá seu cabeçalho analisado para agrupar o tráfego em fluxos por aplicação. Como exemplo utilizaremos o cenário abaixo para monitorar o tráfego de entrada (ingress) na interface g0/0 de R1. O único tráfego gerado no cenário serão sucessivos pings entre os roteadores, dessa forma será possível identificar os fluxos ICMP.

LabCisco-NetFlow.png

Router(config)# int g0/0
Router(config-if)# ip flow ingress
Router(config-if)# end
Router# show ip cache flow
IP packet size distribution (127 total packets):
1-32 64 96 128 160 192 224 256 288 320 352 384 416 448 480
.000 .000 .000 1.00 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000

512 544 576 1024 1536 2048 2560 3072 3584 4096 4608
.000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000 .000

IP Flow Switching Cache, 4456704 bytes
3 active, 65533 inactive, 3 added
34 ager polls, 0 flow alloc failures
Active flows timeout in 30 minutes
Inactive flows timeout in 15 seconds
IP Sub Flow Cache, 533256 bytes
0 active, 16384 inactive, 0 added, 0 added to flow
0 alloc failures, 0 force free
1 chunk, 1 chunk added
last clearing of statistics never

Protocol Total Flows Packets Bytes Packets Active(Sec) Idle(Sec)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s