Sem categoria

20 comandos Linux que você talvez não conheça

Existem diversos comandos utilizados constantemente. Além desses, existem outros que você talvez não conheça. Sendo assim, listei 20 comandos que podem aumentar sua produtividade.

Este artigo é recomendado para usuários com um pouco mais de experiência. Usuários iniciantes podem ter dificuldades 😉

1 – Armazenando arquivos e diretórios na memória RAM com tmpfs

mount -t tmpfs tmpfs /mnt -o size=1024m,mode=0755

Este comando cria uma partição temporária na memória RAM. Muito útil para quem precisa realizar operações que utilizam muito o disco, tais como: extração de texto e ordenação de arquivos. Assim, é bem mais prático você copiar esses arquivos para uma partição tmpfs, realizar as operações, e por fim, copiar o resultado final de volta para o disco.

Sendo assim, você diminuirá o tempo total das operações significantemente.

2 – Diretório de arquivos pelo navegador web

python -m SimpleHTTPServer

Por fim, acesse http://localhost:8000/

3 – Execute um comando sem salvar no ‘history’

<espaço>comando

Simplesmente, dê um espaço antes de inserir qualquer comando no shell

4 – Crie um arquivo facilmente

> arquivo.txt

Crie um arquivo facilmente utilizando o ‘sinal maior que’ (>) precedendo ao nome e tipo de arquivo desejado

5 – Lista de partições amigável

mount | column -t

6 – Obtenha o IP público da sua rede

curl ifconfig.me

7 – O histórico de usuários que acessaram o sistema

last

8 – Abrir um arquivo/URL no programa padrão

xdg-open ARQUIVO
xdg-open URL

9 – Lista somente diretórios

ls -d */

10 – Aplicações usando conexões de internet no momento

Importante para saber quais programas usam a internet em segundo plano, por exemplo
lsof -P -i -n

Este comando, exibe somente o nome das aplicações:

lsof -P -i -n | cut -f 1 -d ” “| uniq | tail -n +2

11 – Criptografando seus arquivos facilmente

Encriptar:

gpg -c ARQUIVO

Decifrar:

gpg ARQUIVO.gpg

12 – Encontre o path/manual/binário de um comando

whereis COMANDO

13 – Crie um arquivo com tamanho determinado

dd if=/dev/zero of=teste_arquivo.txt bs=1M count=10

Neste exemplo é criado um arquivo ‘teste_arquivo.txt’ com tamanho de 10MB, preenchidos com bits ‘zero’

14 – Grave sua Área de Trabalho facilmente

Este é um recurso mais rápido, contudo é recomendado que utilize softwares elaborados para este fim; tais como: o gtk-recordmydesktop
ffmpeg -f x11grab -s wxga -r 25 -i :0.0 -sameq /tmp/minha-area-trabalho.mpg

Para versões do Debian/Ubuntu, é recomendado o uso deste comando:

avconv -f x11grab -show_region 1 -video_size hd720 -framerate 24 \ -i :0.0 -threads 2 -q 1 -bt 8000000 -b 8500000 /tmp/minha-area-trabalho.avi

15 – Apague os arquivos antigos

Cuidado na escolha do diretório. NUNCA escolha o raiz (/), pois irá apagar arquivos importantes do sistema!

find /tmp/ -type f -mtime +7 -exec rm -f {} \;

Neste exemplo, será apagado todos os arquivos, contidos na pasta tmp, que foram criados a mais de 7 dias.

16 – Dividindo arquivos gigantes em partes menores

Primeiro comprima o arquivo escolhido:

tar -cvvzf teste.tar.gz ARQUIVO

Depois, quebre o arquivos em vários tamanhos de 10MB (fica a seu critério):

split -b 10M teste.tar.gz partes_video

Por fim, para reagrupar novamente o arquivo:

cat partes_video * > teste_final.tar.gz

17 – Baixando o código HTML de um site

wget -O html.txt http://meusite.com

18 – Listando todos os comandos do seu sistema

compgen -c

Ou pesquise por um comando específico: compgen -c | grep find

19 – Descubra qual distribuição você está usando

lsb_release -a

20 – Listando detalhes de hardware do seu sistema

sudo lshw -short -html > info.txt && xdg-open info.txt
Fonte:http://www.linuxdescomplicado.com.br/2013/11/20-comandos-linux-que-voce-talvez-nao.html
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s